BIO

Nascido em São Paulo, Guilherme Eddino é músico, cantor, compositor e produtor musical.

Híbrido e elástico como a cidade em que nasceu, Guilherme se permite atirar para todos os lados sem deixar de ser alvo. Sempre se permitiu explorar técnicas e estilos diversos e, tal qual seus ídolos, que vão de David Bowie a Lenine, se reinventar sem limitações.

Em 2015 lançou Tremor, trabalho independente e com sonoridade rítmica e densa. Mesclando rock alternativo com MPB e toques eletrônicos, o trabalho lhe rendeu participações no projeto Converse Rubber Tracks e no festival organizado pelo Projeto Bandas Novas, que ainda lhe concedeu o prêmio de Melhor Letra pela canção “Febre”. A faixa também apareceu na lista das 100 Melhores Músicas Nacionais do ano, organizada pelo site O Embrulhador.

Em 2012 lançou seu primeiro álbum independente, Pulsar. O disco contou com a participação da cantora Cida Moreira, sua professora de técnica vocal, e do violonista português Pedro Jóia, famoso no Brasil por seu trabalho com Ney Matogrosso.

Desde 2011, Guilherme também faz parte do grupo Radiohead Cover Brasil. Também vem realizando trabalhos como arranjador e produtor musical, com artistas como Ricardo Alves, Lucas Scandura e a banda Musidora.